Em entrevista ao Colbert Late Show, da TV norte-americana, o ator Billy Porter, destaque da série Pose, foi questionado sobre o por quê usa vestido sendo homem.

Isso aliás já se tornou uma das marcas registradas do ator em suas já esperadas entradas triunfais em tapetes vermelhos de tudo que é premiação onde é convidado, com destaque para o dia em que, além de um vestido exuberante, ele usava junto um chapéu com uma cortina que se abria.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Billy Poter explicou que entende moda também como uma possibilidade de ato político, especialmente quando se fala em gênero: “Superamos a ideia de que mulheres podem usar calças porque calça era algo associado apenas ao homem”, disse ele iniciando a fala.

Billy Porter em alguns de seus muitos vestidos. (Foto: Montagem)
Billy Porter em alguns de seus muitos vestidos. (Foto: Montagem)

“Então mulher de calça passou a ser respeitada e vista como exemplo de força, de poder. Todos respeitam, até porque calça é originalmente associada ao patriarcado. É ligada a ideia de ‘ser macho’. Mas por que então um homem de vestido então é visto como chacota?”, questionou o ator ao apresentador.

VEJA TAMBÉM:  Billy Porter diz que seu primo o ameaçou de morte se ele "virasse gay"

E foi adiante: “Que ideia isso passa? De que homens são fortes e mulheres um demérito! Não caio nessa! Não mais! Sou um homem de vestido. E quando eu quiser, vou usar um!”.

Ao final ele lembrou aos conservadores: “As pessoas esquecem que Jesus usava vestido! Chamam de manto, mas era um vestido!”.

O vídeo do momento viralizou em seu IGTVAssista a fala icônica de Billy Porter abaixo com tradução:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).