Foi um evento lindo”, desabafou Ana Paula, membro do conselho LGBT de Juazeiro do Norte, no Ceará. Realizado no último dia 29, a (Trans)formar é Resistir contou com a presença de autoridades locais, público LGBT e curiosos que prestigiaram o evento e puderam expandir seus entendimentos sobre cultura LGBT, pessoas trans e dessa forma promover uma maior tolerância.

 O evento contou com apresentações artísticas, exibição de filmes sobre a vida de transexuais, celebração dos homens e mulheres trans que conseguiram retificar seus documentos com seus Nomes Sociais. Mas mais importante ainda, foi um momento de resistência, de luta, de empoderamento das minorias; de lembrar das percas daqueles que já se foram vitimados pela lgbtfobia e pelo preconceito.

O evento (Trans)formar é Resistir foi sediado na Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), na última terça-feira (29), juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos LGBT.