Um funcionário do KFC em Springfield, Illinois, nos Estados Unidos, foi demitido após gritar homofobias contra um casal gay que usava um drive-thru da rede.

Joshua Garner e seu marido, Lee Walls, disseram que foram o KFC para retirar um pedido de carro. Quando perguntaram sobre o pedido, disseram que um funcionário do restaurante começou a gritar contra eles, proferindo xingamentos homofóbicos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O casal conseguiu registrar o momento em vídeo e compartilhou nas redes sociais. Eles disseram à reportagem do WAND 17 que se sentiram atacados por serem quem são enquanto realizavam seu trabalho e que o encontro os deixou abalados.

O funcionário do vídeo chamou o casal de “f ** king queer” (algo como “bichonas!”) e disse que não “dava a mínima” se estava sendo gravado. Um dos homens no carro disse ao funcionário que ele não podia usar calúnias homofóbicas contra eles, o que é crime.

VEJA TAMBÉM:  Mulher sofre ataque homofóbico e é agredida por segurança de restaurante; assista

O funcionário do KFC então disse: “Eu não dou a mínima se vocês são gays ou não. Este filho da p ** parece bicha, que dê o fora daqui!”

O homem no carro então avisa o funcionário que ele pode perder o emprego, e o funcionário repete que “não dá a mínima”. Ele então encerrou seu discurso dizendo: “Foda-se o vídeo! Fodam-se viados!”

Assista aqui ao vídeo da agressão.

Fachada de loja do KFC com drive-thru. (Foto: Reprodução)
Fachada de loja do KFC com drive-thru. (Foto: Reprodução)

Walls disse que congelou durante o confronto com o funcionário do KFC: “Foi como um tiro no coração, como uma bala no coração. Era como se não pudéssemos dizer nada e a única pessoa que poderia nos defender e nos proteger era meu irmão mais novo no banco de trás.”

A polícia foi chamada ao restaurante e confirmou que uma investigação sobre o caso está em andamento.

O KFC emitiu um comunicado dizendo que demitiu o funcionário por seu comportamento “inaceitável”.

VEJA TAMBÉM:  Em início de transição, mulher trans tem a face quebrada ao sair de banheiro feminino

“O comportamento do membro da equipe neste vídeo é completamente inaceitável e o membro da equipe foi demitido. A franquia proprietária do restaurante entrou em contato com o hóspede sobre este incidente e ofereceu um pedido de desculpas”, disse a rede em comunicado.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).