Um casal de lésbicas foi agredido na Parada LGBT de Amsterdã no último final de semana após rejeitarem o assédio de dois homens heterossexuais.

Katya Sazanova e sua namorada brasileira, Ana Camboim, disseram à Het Parool que estavam andando de mãos dadas pelo centro de Amsterdã no início de sábado (3 de agosto) de manhã, quando dois homens gritaram em direção a elas vindo em uma scooter.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Vocês são tão gatas, não podemos participar?”, disse um deles de acordo com o NL Times.

Depois que Sazanova e Camboim recusaram a proposta e mandaram os homens irem embora, eles pularam da scooter e começaram o ataque. Ambas levaram golpes no rosto e uma ficou com um lábio arrebentado e um nariz inchado.

Casal de lésbicas agredido na Parada LGBT de Amsterdã.

“Foi tão assustador”, disse Sazanova, que é do Cazaquistão. “Podemos esperar algo assim em nossos próprios países (Brasil e Cazaquistão), mas não em Amsterdã, onde as pessoas às vezes até olham quando damos as mãos, mas nunca rola agressão”.

VEJA TAMBÉM:  Hugo Bonemer revela que perdeu seguidores após postar vídeo beijando namorado

Sazanonva disse que, embora o ataque tenha sido relatado à polícia, há poucas chances deles serem pegos. Ainda refletindo sobre a situação, ela afirmou: “As pessoas às vezes perguntam: por que você celebra o Orgulho? Por que é necessário falar sobre isso? Por causa disso! O que aconteceu conosco pode acontecer com qualquer casal. E ainda está acontecendo por aí.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).