Difícil entender de que lado de fato está o Papa Francisco. Quase sempre depois de um close certo de Sua Santidade, vem um close errado. A gente fica igualzinho ele na foto acima. E agora não poderia ser diferente.

Poucos meses após afirmar “Deus te fez assim e te ama como você é” a um fiel gay, o que pegou muitos de surpresa pela postura inclusive de um líder católico, o Papa Francisco afirmou durante o Forum Delle Famiglie, um evento de um grupo italiano de famílias católicas, que famílias gays não são famílias de verdade.

“É doloroso dizer isso. Hoje as pessoas falam de famílias variadas, vários tipos de família… Mas a família como homem e mulher à imagem de Deus é a única”, teria dito sua santidade conforme noticiou a agência ANSA News.

O líder da igreja católica também comparou o abordo ao Holocausto ao afirmar: “No último século, o mundo todo ficou escandalizado com o que os nazistas fizeram para garantir a pureza da raça. Hoje fazemos o mesmo, mas com luvas brancas”, disse se referindo aos médicos que realizam abortos… e provavelmente se esquecendo que a igreja católica fechou os olhos ao Holocausto na época em que o mesmo ocorria, não é mesmo?

Em outro momento lamentável, o Papa ainda elogiou cônjuges que permanecem com seus parceiros infiéis esperando pacientemente que eles parem de traí-los ao invés de apelar ao divórcio: “Muitas mulheres – mas até homens fazem isso as vezes – esperam em silêncio enquanto aguardam o marido voltar a ser fiel novamente. Isso é ser santo, perdoar tudo por amor.”

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).