Um homem gay chamado Reid viralizou na Internet na semana passada ao postar a carta que mandou ao próprio pai depois que seu irmão se assumiu gay e ouviu ofensas dele.

“Somos de uma família conservadora, nossa criação foi difícil. Meu irmão, que saiu do armário na semana passada, passou por um momento bem complicado”, escreveu Reid.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Logo em seguida ele falou sobre a carta que escreveu ao seu pai defendendo seu irmão. Em suas palavras no post, o pai “precisava ler aquilo”.

Leia a carta na íntegra:

“Ei, antes de tudo quero dizer que eu te amo e você sempre será meu pai. Agradeço tudo o que você já fez por mim e tenho muito respeito por você.

Mas um comentário que você fez no caminho para o aeroporto me deixou acordado a noite toda, todas as noites desta semana na verdade. Não espero uma resposta de sua parte e nem sei se quero uma. Mas isso precisa ser dito.

Você disse “Não leve a mal, mas eu e sua mãe sentimos que fizemos algo terrivelmente errado como pais”. Como assim? 

Essencialmente, você está dizendo que ser gay é resultado de uma criação errada. O sistema de crenças em que você foi criado não é meu ou [do meu irmão]. Tudo o que você aprendeu sobre pessoas gays está errado. Ponto final. Fim da história.

Imagine um pai dizendo ao filho hetero que ele é um erro. Quão absurdo seria isso? Pois foi exatamente assim que você agiu.

Pode ser que seu filho seja heterossexual, bissexual, trans, etc. Você não foi educado sobre isso. Mas não aceitarei me sentir como me senti a semana toda.

Só porque meu irmão saiu do armário é como se apertássemos o botão de reset de tudo que vivemos até aqui? É como se você tivesse esquecido tudo o que nos ensinou sobre amor e compaixão?

Seja melhor e faça melhor. Abra sua mente. E se não quiser, tudo bem. Não posso forçá-lo a fazer isso, e certamente não vou insistir nisso novamente. Mas o trem já partiu da estação, pai. Minha vida está no caminho que sempre deveria ser e do meu irmão também. Lide com isso ou não. Ele vai encontrar a felicidade de uma maneira ou de outra.

Só porque ele ama homens, isso não o faz menos homem. E só porque você não aceita isso não significa que ele não possa ser.”

Depois que Reid compartilhou a carta, os usuários do Twitter encheram suas menções de elogios. Seu post recebeu mais de 28 mil curtidas até agora.

VEJA TAMBÉM:  Pai é preso após abandonar filho na estrada por suspeitar que ele é gay

O rapaz se surpreendeu com a reação positiva e com o fato da carta ter viralizado: ”Eu não esperava que isso recebesse a atenção que recebeu, mas acho que é o que acontece quando você coloca algo no Twitter”, escreveu.

“Pensei em deletar antes de postar porque era algo muito pessoal, nem sabia direito porque estava postando na Internet isso! Estava emocionado. Mas todas essas respostas foram tão calorosas e comoventes. Obrigado a todos por suas amáveis ​​palavras e apoio. Especialmente vendo quantos de vocês podem ser ajudados  com isso ou acharam minhas palavras úteis”, disse ele.

Reid também revelou que recebeu uma resposta de seu pai. “Compartilhar mais da nossa conversa parece um passo muito invasivo, mas ele foi gentil e amoroso, e eu realmente aprecio isso”, explicou. “Nossa família é muito próxima e sei que sou privilegiada a esse respeito.”

VEJA TAMBÉM:  15 casais LGBTs brasileiros que provam que o amor não tem barreiras
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).