Carlinhos Maia, chamado carinhosamente de Covidinho Maia nas redes por conta de suas aglomerações e festas, publicou em sua conta no Twitter que havia sido honrosamente convidado para ser um dos primeiros a receber a vacina em sua cidade.

No post, o (des)influenciador diz que “não acharia justo com quem ficou em casa todo esse tempo e por isso não aceitou”. Presta atenção “COM QUEM FICOU EM CASA”. Ele completa que mesmo assim filmaria a ação para incentivar o público que o segue.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mas como a rede não perdoa, Logo publicaram nota do Governo de Alagoas desmentindo Carlinhos Maia, explicando que a município receberá apenas 71 mil doses que serão aplicadas a grupos de risco como idosos, indígenas e profissionais da saúde.

O aparício não apagou o post e ainda disse que estava apenas tentando fazer divulgação da campanha de vacinação a fim de incentivar a população e que vai fazer a divulgação mesmo assim. Amado? Sabemos que não.

VEJA TAMBÉM:  Nova vacina contra o HIV tem resultados promissores no 1º teste em humanos

No fim do ano passado, Carlinhos Maia deu uma festa para mais de 300 pessoas em sua vila tendo, segundo alguns portais, pelo menos 47 contaminados com Covid-19 como consequência da irresponsabilidade que ele sequer se desculpou.