A campeã olímpica Jaqueline Silva, do vôlei de areia, defendeu a integração de atletas trans nas equipes femininas do voleibol. Jackie defendeu que todas as pessoas devem ser incluidas no esporte, ela ainda alfinetou a ex-atleta bolsonarista Ana Paula Henkel. As declarações foram dadas ao podcast “Na Rede com Nalbert”.

“Isso aí é evolução da humanidade para mim. Vejo lugar muito interessante, que bom que o vôlei abriu essa oportunidade. Espero que continue. Você pode olhar para todo lugar. Não faz o mundinho do esporte o mundinho perfeito, porque não é perfeito. É melhor Tiffany que Ana Paula”, defendeu a campeã olímpica.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Campeã olímpica defende atletas trans no vôlei: "antes Tiffany que Ana Paula”
Campeã olímpica defende atletas trans no vôlei: “antes Tiffany que Ana Paula” (Foto: Reprodução)

A ex-jogadora Sandra Pires, que também participava da conversa, encarou o momento como uma evolução natural do esporte. “Tem que aprender a lidar com tudo. É uma evolução mesmo. E tá acontecendo o que tem que acontecer. A gente tem que ver como vai encarar. E quem aprende a lidar, ganha com isso. O vôlei ganha se aprender a lidar com isso”, completou Sandra.

VEJA TAMBÉM:  CBV se pronuncia e Tifanny segue liberada para jogar na Superliga Feminina

Fabi, ex-atleta da seleçâo brasileira, endossou a fala das colegas.  “Os transexuais tem que estar no vôlei e onde eles quiserem. É um assunto que gera um debate, gera uma discussão. Acho muito importante ter discussão. Adoro quando as pessoas discordam para a gente poder ouvir e ponderar.”