Foi criado um vídeo para divulgar o evento da Parada LGBTQI+ da Bahia, no conteúdo é comparada a solidão da pandemia devido ao coronavírus à solidão da comunidade. “Isolamento social? Sim, sabemos muito bem o que é estar só”, e assim começa o vídeo campanha para a Parada LGBTQI+

Parada LGBTQI+ de Salvador 2018
Foto: Henrique Mendes / G1

Ao som de uma versão da canção “I Will Survive”, considerada um símbolo para a comunidade, o vídeo traz situações de violência vividas por pessoas LGBTQI+ no dia a dia, como por exemplo um homem evitando que o filho veja dois homens de mãos dadas e uma mulher trans sendo ameaçada no metrô. A campanha para a Parada LGBTQI+ de Salvador foi realizada em parceria com a agência Propeg. Confira o vídeo aqui

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Sabemos como é difícil evitar aglomerações, ter que usar máscaras todos os dias para sobreviver, ser tratado como doente, como alguém que precisa de  cura, viver com medo, pensar duas vezes antes de sair de casa” relatou o Huff Post Brasil.

VEJA TAMBÉM:  Melanie C chega ao Brasil para shows nesta sexta e domingo na Parada LGBT
Parada LGBTQI+ em Salvador
Foto: Divulgação

“Se você tem interesse em se unir a nós nesse dia, é simples, basta você fazer uma ação, que pode ser uma live musical, um debate, um show, um recital, algo que represente o seu desejo de manifestar o amor à vida. Nossa ideia é fazer uma grade de programação solidária volumosa.” Pela primeira vez, em 19 anos, o evento será de forma virtual e não ocupará as ruas de Salvador. A parada será realizada no dia 22 de novembro de forma virtualizada.