Durou bem pouco, menos de 1 dia, o projeto de lei criminoso e homofóbico do vereador Edvaldo Lima (MDB) da cidade de Feira de Santana na Bahia.

Ainda que tenha sido rejeitado em segunda votação com uma margem apertada (6 votos contra 5), o que é um absurdo pra um projeto criminoso e discriminatório, a Câmara Municipal de Feira de Santana anunciou a reprovação da medida, que em primeira votação chegou a ser aprovada.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O órgão municipal afirma que, após segunda discussão, a decisão de vetar o projeto de lei apresentado pelo vereador Edvaldo Lima (MDB) na última segunda-feira (20), foi tomada pela maioria dos indivíduos presentes, recebendo votos contrários dos vereadores: Roberto Tourinho (PSB), Pablo Roberto (DEM), Fabiano da Van (MDB), Gerusa Sampaio (DEM) e José Carneiro (MDB).

Em contrapartida, os edis Cadmiel Pereira (DEM), Isaías de Diogo (MDB), Eli Ribeiro (Republicano) e Edvaldo Lima (MDB) votaram a favor da homologação da PL. Enquanto os edis Luiz da Feira (PROS), Zé Filé (PSD), Lulinha (DEM) e Zé Curuca (DEM) se abstiveram da votação.

VEJA TAMBÉM:  David Miranda encaminha à PF ameaças de morte recebidas contra ele e sua família

Vale lembrar que Edvaldo Lima é pastor de uma igreja evangélica neopentecostal na cidade e diz ser porta voz da “família tradicional feirense.” Autor de vários projetos de cunho homofóbicos e racistas, é famoso por suas falas desrespeitosas e ações que chamam a atenção pelos absurdos.

Créditos da foto: banco de imagens Tem Que Ter. Fotógrafa Patricia Richter
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).