Marcas hoje em dia precisam estar bem atentas em quem contratam pra cuidar de suas redes sociais, não é mesmo? A Budweiser acaba de aprender isso da pior forma.

Na semana passada, a cerveja Amstel anunciou a “Live da Pabllo”, que uniu vários artistas LGBTs e arrecadou doações para ONGs LGBTs.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Segura na montação porque hoje é a live das lives”, disse a Amstel na divulgação dos shows de artistas LGBTs que rolaria mais tarde. Eis que, pra variar, um internauta homofóbico inseguro de sua sexualidade surgiu e respondeu em toda sua frágil masculinidade: “Sai pra lá desgraça, vou de Budweiser”.

Aí que o social media da Budweiser achou que aquilo era um elogio e seria descolado reforçar a homofobia do cara o apoiando: “Rsrs, King, né?!”, postou a marca respondendo e dando moral ao internauta homofóbico, e usando ainda seu slogan e hashtag #BeAKing. É isso mesmo, chamou de “rei” um cara homofóbico que fez pouco de artistas LGBTs e de uma iniciativa tão louvável como a da Amstel.

VEJA TAMBÉM:  Pessoa não-binária é demitida de Universidade por usar batom
Imagem

Pronto! Foi o suficiente pra ser criticada e exposta na Internet por muitos internautas que fizeram questão de dizer que não consumiriam mais Budweiser, mas sim Amstel, Heineken ou qualquer outra marca de cerveja.

“Absurdo o posicionamento da Budweiser! LGBTfobia descarada em rede social não é e nunca será aceitável! Ainda bem que há marcas que apoiam a diversidade, como Amstel, Itaipava e Heineken. Há opçnoes melhores e que espalham tolerância e respeito por aí”, disse o influenciador Fefito sobre o close erradíssimo da marca.

“Que absurdo”, “Nunca mais compro bud. Hoje mesmo já troquei pela amstel” e “Tomo Devassa, Stela ou até mesmo gasolina! Bud nunca mais!” foram apenas algumas das respostas recebidas. Outro, ainda aconselhou: “Pra começo de conversa: demite o social media homofóbico que vcs contrataram.”

VEJA TAMBÉM:  David Miranda encaminha à PF ameaças de morte recebidas contra ele e sua família

Atualização: Após a repercussão, a Budweiser se desculpou pelo ocorrido. “Falhamos nessa e sentimos muito! A Bud está sempre esteve junto à comunidade LGBTQIA+ e entende que projetos como o realizado pela @AmstelBrasil são significativos e fundamentais. Um brinde a todos os Kings, Queens e principalmente ao respeito”, postaram em resposta ao comentário do @fefito.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).