Brooke Lynn Hytes saiu em defesa da concorrente do “Canada’s Drag Race”, Kyne, após ela sofrer com ataques na internet. “Essa garota é tão talentosa e ajudou a fazer o primeiro episódio brilhante”, escreveu a drag.

O caso começou após a estreia do novo programa, que foi elogiado como uma “nova visão” sobre o formato Drag Race. Apesar disso, alguns fãs continuam com os hábitos que vem desde as primeiras temporadas de “Rupaul’s Drag Race”: o de eleger uma vilã da temporada e começar a fazer várias críticas nada construtivas a participante.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Kyne, de 21 anos, foi a vítima da vez e, devido ao seu comportado mostrado no primeiro episódio, atraiu vários “haters” para suas redes sociais. Ao comentar a situação no Twitter, a participante relatou que se uma competidora branca mostra os “defeitos” que ela apresentou, não seria condenada.

“Um dia vamos falar sobre porquê queens brancas são elogiadas por serem caóticas, super confiantes e desleixadas e fazem um ‘grande programa de TV’, mas é diferente quando são queens não-brancas”, escreveu.

Brooke, a principal apresentadora do programa, exigiu que os “fãs” da série “parem com o ódio”: “Você não tem ideia de como é difícil. Só porque você não gosta de como alguém age em um programa de televisão não lhe dá o direito de enviar ódio a essa pessoa. Essa garota é tão talentosa e ajudou a fazer o primeiro episódio brilhante.”