Durante entrevista coletiva na Cúpula do G20, no último sábado (29), logo após o incidente dos 39kg de cocaína no avião da Força Aérea Brasileira (FAB), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) comentou sobre o caso e ainda falou sobe machismo e homossexualidade.

“Aquele elemento traiu a confiança. Pena que não foi na Indonésia, para ter o mesmo destino que o Archer teve no passado”, afirmou, se referindo ao brasileiro Marcelo Archer, executado na Indonésia em 2015.

Logo em seguida, ele foi questionado a respeito do poder feminino e respondeu dizendo que “ama as mulheres” e que, na sua casa, quem manda é a esposa. “Ninguém manda mais na minha casa que a minha esposa. Nos gestos e palavras. Sem problema nenhum, eu sou apaixonado por vocês”.

Depois, ao tocar no assunto da homossexualidade, Bolsonaro afirmou que respeita o “comportamento”, mas que só homem e mulher podem ter filhos e que não existe “terceiro sexo”.

“Mesmo os homossexuais nasceram de uma mulher. Por enquanto, não sei que conseguiram engravidar homem. Não tem um terceiro sexo. Tem que respeitar isso daí. Mas nós respeitamos quem tem esse comportamento”, falou o presidente.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: