Billy Porter é um dos vencedores da última edição do Emmy. O ator levou para casa o prêmio na categoria Melhor Ator em uma série de Drama no domingo à noite por seu papel como Pray-Tell em Pose.

Subindo ao palco em seu traje de alta costura Michael Kors – estampado com 100.000 cristais – a lenda citou James Baldwin.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Levou muitos anos para vomitar toda a imundície que me ensinaram sobre mim, e quase acreditei na minha vida que eu não teria o direito de estar aqui”, disse ele. “Eu tenho o direito. Você tem o direito. Todos temos o direito’, disse Porter, fazendo história como o primeiro ator negro e gay a ganhar um Emmy.

Em seu discurso, ele ainda reconheceu primeiro os outros homens com quem foi indicado, incluindo Bob Odenkirk, Jason Bateman, Kit Harington, Milo Ventimiglia e Sterling K. Brown.

VEJA TAMBÉM:  Netflix libera primeiras imagens de The Prom, novo musical de Ryan Murphy

“É uma honra estar aqui respirando o mesmo ar que vocês respiram”, disse ele antes de agradecer à sua mãe.

Porter então agradeceu a seus colegas de elenco, antes de voltar sua atenção para o homem que fez Pose ganhar vida com sua influência na indústria: o criador, roteirista e produtor Ryan Murphy, responsável por sucessos como Glee, American Horror Story e American Crime Story, além de Pose.

“Ryan Murphy, você me viu”, disse ele. E continuou: “Você acreditou em nós. Obrigado. Obrigado. Obrigado.”

Antes de deixar o palco, Porter compartilhou uma mensagem para outros artistas.

“Somos as pessoas que conseguem mudar a estrutura molecular dos corações e mentes das pessoas que vivem neste planeta”, disse ele. “Por favor, nunca pare de fazer isso. Por favor, nunca pare de dizer a verdade.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).