Beyonce e Jay Z foram premiados no GLAAD Awards, a cerimônia americana anual que premia LGBTs e aliados dos LGBTs que foram destaque no último ano. O evento aconteceu na última quinta-feira, 28.

O casal subiu ao palco para receber o prêmio Vanguard, que é dado a profissionais da mídia que fizeram diferença significativa promovendo a igualdade e aceitação de pessoas LGBTQ.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em seu discurso de agradecimento, emocionados, eles agradeceram o prêmio e se comprometeram a continuar apoiando a luta e direitos LGBTs.

Jay Z primeiramente agradeceu à mídia pela cobertura do caso e homenagens à sua mãe, que se assumiu lésbica tarde em sua vida. Na época ele chegou a dar entrevistas emocionado dizendo o quanto era libertador ver sua mãe feliz sendo da maneira que queria ser e amando quem queria amar.

Então foi a vez de Beyoncé fazer seu discurso de agradecimento pelo prêmio. Emocionada, ela afirmou:

“Bem, primeiro de tudo, estou extasiada”, disse Beyoncé. E continuou: “Estou honrada e agradecida. Já chorei. Uma das memórias mais lindas da minha turnê era olhar do palco todas as noites e ver do cara mais mano à uma queen mais fabulosas, todos lado a lado se respeitando e celebrando juntos.

Isso é lindo. Conectar pessoas que primeiro pareciam completamente separadas.Seja entre nossos fãs ou mesmo na nossa família, a comunidade LGBT sempre nos apoiou, nos levantou. Nós agradecemos.

Estamos aqui pra promover o amor a todo ser humano. A mudança começa com seu próximo. Diga a ele que ele é amado. Lembre-o de que é lindo, vamos falar em proteção. E pais, amem seus filhos da forma mais pura.

Gostaria de pedir pra continuarmos a derrotar estigmas nesta comunidade, principalmente em relação às famílias negras. Primeiramente, quero dedicar este prêmio ao meu tio Johnny, o gay mais fabuloso que eu já conheci e ajudou a me criar e a criar minha irmã. Ele viveu sua verdade. Era corajoso em um tempo onde este país ainda não o aceitava de jeito nenhum.

Por mais que sua luta contra o HIV tenha sido a batalha mais árdua que eu já tenha vivido, tenho certeza que sua força serviu para abrir caminhos para que pessoas mais jovens pudessem viver mais livres. Direitos LGBTs são direitos humanos. Para amar quem você quiser, se identificar como você se vê. Isso é seu direito humano”.

Assista abaixo o discurso de Beyoncé ao lado de Jay Z:

VEJA TAMBÉM:  Pela primeira vez, uma árbitra trans apitou um jogo de futebol na Inglaterra
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).