Segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas no Brasil, estima-se que, entre crianças, adolescentes e adultos, a população de portadores da síndrome de Down seja composta por, aproximadamente, 300 mil pessoas.

Em todo o mundo, o número de portadores da doença é muito maior. Apesar dos avanços em relação à síndrome de Down, infelizmente, ainda existe muito preconceito com os portadores. Pensando em promover uma reflexão sobre o respeito, o coreógrafo Daniel Vais, resolveu reunir um grupo intitulado “Drag Syndrome”, para um documentário da BBC.

Fundada em 2018, a campanha retrata pessoas com síndrome de Down que fazem drag nos palcos. “Eu nunca fico nervosa quando se trata de performar. Minha parte favorita é a dança e o lipsync, mas, principalmente, a transformação. Eu me sinto realmente confiante”, afirmou Ruby Codiroli, uma das drags do documentário especial.

Por fim, Ruby ainda diz que gosta de ser vista como uma superstar. “Eu sinto que é ótimo que o público me veja como uma estrela no palco. Eu diria às pessoas que não nos respeitam: ‘não temos nenhum problema com você, mas eu tenho um problema com você porque você não está nos tratando bem’”, finalizou a participante.

Assista ao vídeo abaixo:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: