Após quatro dias de internação, tendo sido agredido e baleado por simplesmente ter dado um beijo na boca de um outro rapaz em um bar da cidade de Caçamari, em Salvador, Marcelo Macedo deu entrevista ao portal G1, onde falou sobre como vem sendo sua recuperação do trauma que viveu.

“Eu estou assustado. Foi a primeira vez que algo assim aconteceu comigo. É preciso muita maldade no coração do ser humano para fazer isso porque a gente não estava fazendo nada demais. Eu estava apenas bebendo, trocando carícias normalmente como qualquer casal”, disse Marcelo.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De qualquer modo, a vítima, mesmo tendo sido alvo deste grave crime, garantiu que não irá se intimidar, afinal não estava fazendo nada de mais: “Eu vou sair e vou continuar agindo normalmente, porque não estou fazendo nada de errado, mas seguro a gente nunca está”.

VEJA TAMBÉM:  "Daqui a pouco você será um monstro se não aceitar pedofilia!", diz Danilo Gentili

Por beijar um outro homem em um bar, Marcelo levou um tiro no braço e três no abdômen. Encaminhado imediatamente ao hospital, seu estado de saúde é estável, ainda que ele não tenha previsão de alta. O crime teve envolvimento de três homens, dentre eles, um policial militar.

A Polícia Civil informou ao G1 que os três foram ouvidos pela delegada Thais Siqueira, titular do município, porém não houve confirmação se eles foram detidos.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).