Nesta semana, uma história publicada pelo site Huffpost voltou a viralizar nas redes sociais. A história é de um jovem que foi expulso de casa pela sua mãe por ser gay e teve apoio do seu avô, que repudiou sua filha pela atitude.

O avô do jovem Chad escreveu uma carta para sua filha Christine após atitude homofóbica. Na carta, ele repreende a filha por ter expulsado seu neto de casa apenas por sua orientação sexual.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

 “Ela me expulsou de casa porque é o que Jesus queria ou qualquer outro motivo que desculpe os apelos religiosos que as pessoas usam para justificar seu fanatismo.”, disse Chad para o site Someecards

Após saber disso, o avô de Chad rejeitou a filha através de uma carta, e diz que a vergonha da família é ela e não o jovem Chad.  

 “Querida Christine, estou desapontado com você como filha. Você está certa de que temos uma “vergonha na família”, mas estamos errados sobre quem é. Expulsando Chad de sua casa simplesmente porque ele lhe disse que era gay, você é a verdadeira “abominação” aqui. Um pai que nega seu filho é o que vai “contra a natureza”.

O avô também disse que Chad não escolheu ser gay, ele nasceu assim, ao contrário dela que escolheu ser uma pessoa de mente fechada e atrasada.

VEJA TAMBÉM:  Sri Lanka força exames anais torturantes em LGBT+ acusados de homossexualidade

 “A única coisa inteligente que eu ouvi em tudo isso foi que ‘você não educou seu filho para ser gay’”. Claro que você não fez isso. Ele nasceu assim e não escolheu mais do que escolheu para ser canhoto. No entanto, você escolheu ser prejudicial, com uma mente fechada e atrasada”, continuou na carta.

Para finalizar sua mensagem, o avô repudiou sua filha e garantiu que ele próprio irá cuidar da educação de seu neto. Além disso, fala para filha que se ela encontrar seu coração é para entrar em contato.

 “Então, enquanto estamos lidando com essa situação de repudiar nossos filhos, aproveito este momento para dizer adeus a você. Agora tenho que criar um neto fabuloso e não tenho tempo para as palavras cruéis da minha filha. Caso você encontre seu coração, ligue para nós”, encerrou a carta.  

VEJA TAMBÉM:  Florista perde novo recurso na justiça de Washington após tratar mal clientes LGBTs

Abaixo está a foto da carta pelas letras do avô:

Maikon Stefan
Amante do teatro, tv e de Harry Potter, formado em Técnico em Administração e Bacharel em Ciência e Tecnologia (UNIFESP-SJC). Atualmente cursa Engenharia de Materiais (UNIFESP-SJC). Também foi Presidente da Empresa Júnior (Ectm Jr). "Me chama pra causar que eu vou".