No último domingo (2), ocorreu mais um Super Bowl – o maior evento esportivo anual do mundo) – em Miami e Shakira e Jennifer Lopez foram as responsáveis pelo halftime show. A apresentação foi bastante aclamada pelo público, mas um em especial, Dave Daubenmire, ficou extremamente incomodado com as artistas. As informações são da Rolling Stone Brasil.

Dave é cristão e ativista norte-americano de extrema-direita e pretende processar a NFL (a liga dos EUA de futebol americano) pelo show das cantoras latinas. O motivo seria que a performance foi muito sensual, colocando em perigo a fé e a devoção dele e de sua família”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Fomos avisados de que nossos filhos de 12 anos – com hormônios à flor da pele – assistiriam a algo que poderia deixá-los sexualmente excitados?”.

O site Right Wing Watch afirma que as declarações foram feitas no podcast do próprio ativista, o Pass The Salt. Ele acusa toda a equipe envolvida no halftime show de o impedirem de “entrar no Reino do Céu” e não descarta mover uma ação judicial contra a NFL, por colocarem “em perigo de ser mandado para o fogo do inferno”. Dave compara a apresentação a vídeos pornográficos.

VEJA TAMBÉM:  Jennifer Lopez convida fã vítima de homofobia na escola pra conhecê-la; assista

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.