Em um link ao vivo direto da Rússia, onde está trabalhando pela cobertura da Copa 2018, a jornalista Sandra Annemberg, da TV Globo, sambou de salto 15.

Falando apenas verdades sobre o país escolhido pela Fifa para sediar a Copa do Mundo 2018, a Rússia, a sensata jornalista relatou vários dos podres da nação.

Vale lembrar que Sandra Annemberg não é a primeira jornalista ao expor os fatos sobre a Rússia, que a Fifa, é claro, finge não existirem. Fernanda Gentil, da TV Globo também não deitou, assim como o jornalista britânico Paul Brand.

E toda indignação não vem em vão. A Copa 2018 mal começou e já houve notícia de agressão a turistas homossexuais pelo país.

Em seu desabafo, Sandra afirmou:

“Aliás, não é só durante a Copa que não pode ser manifestar por aqui. Os protestos aqui no entorno do Kremlin são proibidos por uma lei federal. Não podemos esquecer que neste país a imprensa não é livre e os direitos humanos são constantemente desrespeitados. Não se permite demonstrações públicas de afeto entre homossexuais. Lembro também que ontem o principal rival de Putin foi liberado depois de ficar detido por um mês porque organizou protestos contra o presidente, que foi reeleito pela quarta vez, está no poder há dezoito anos e ainda vai ficar até 2024.”

Assista ao momento abaixo, que foi muito compartilhado nas redes sociais:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).