O Brasil chegou a triste marca de 129 assassinatos de transexuais nos oito primeiros meses de 2020.

O número registra um aumento de 70% em relação ao mesmo período do ano passado. Já são mais mortes motivadas por transfobia em 2020 do que em 2019 inteiro, quando foram registrados 124 assassinatos de transexuais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Vale lembrar a diferença na questão de gênero do assassinado, que não se repete para os homens trans. Até o dia 31/08/2020, todas as 129 pessoas transexuais assassinadas expressavam o gênero feminino, ou seja, eram travestis ou mulheres trans.

ANTRA Brasil realiza o levantamento de assassinatos por transfobia. (Foto: Reprodução)

Chama atenção nos dados do levantamento realizado pela ANTRA Brasil, um onda de assassinatos por transfobia acontecida no Ceará nos últimos dois meses analisados: Julho e Agosto de 2020.

No período, o Ceará matou mais que o primeiro semestre inteiro, indo de 7 para 15 casos.

VEJA TAMBÉM:  Maioria dos muçulmanos já apoia casamento gay nos Estados Unidos, revela pesquisa

O ano de 2020 segue com o maior número de casos nos últimos quatro anos. Superando 2017, ano em que o Brasil apresentou o maior índice de assassinatos de sua história de acordo com o Altas da violência e anuário da segurança pública.

Leia a análise completa e os boletins anteriores em: antrabrasil.org/assassinatos/

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).