A bizarra decisão de um plebiscito (como pode uma maioria decidir pelos direitos de uma minoria?) pela aprovação do casamento homoafetivo na Austrália, ao que tudo indica, terá um resultado positivo para a comunidade LGBT.

Uma pesquisa do Guardian Australia revelou que, depois de mais de 13 milhões de pessoas comparecerem às urnas, uma porcentagem incrível dos australianos votou a favor da decisão, sendo 78,5% favoráveis à legalização das uniões gays no país.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O levantamento ainda levantou alguns dados interessantes, como por exemplo: 94% das pessoas acima de 55 anos votaram NÃO enquanto 80% das pessoas abaixo de 35 anos votaram SIM.

A campanha pela aprovação da união homoafetiva no país dividiu opiniões e políticos liberais e conservadores em dois extremos. O primeiro-ministro do país, Malcolm Turnbull é do time dos que apoia a aprovação ainda que seu partido tenha muitos políticos contra.

Até o momento os votos estão sendo apurados e a qualquer momento deve sair o resultado. Se a pesquisa boca de urna estiver certa, casais homossexuais australianos poderão legalizar suas uniões a partir de Janeiro de 2018 no país. A decisão histórica pode tornar a Austrália o 25º país do mundo a legalizar o casamento igualitário.

Veja também:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).