Conforme já noticiamos aqui, um casal de lésbicas afirma ter sofrido preconceito no restaurante Barravento, no bairro da Barra, em Salvador. Após a enorme polêmica ganhar as redes sociais e muitos sites, o prefeito da capital baiana, ACM Neto, resolveu se manifestar sobre o episódio.

“Sou favorável a todas as políticas afirmativas de combate ao preconceito e à discriminação em relação aos LGBTs. Por isso criamos uma coordenadoria somente para isso na prefeitura”, afirmou em comunicado oficial.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Um detalhe importante é que o caso ganhou grande repercussão, após o humorista Fábio Porchart cobrar que seja sancionado o projeto de o Projeto de Lei Têu Nascimento (PL 292/17), que pune administrativamente casos de LGBTfobia na cidade.

De acordo com o site Toda Bahia, o prefeito comunicou que o caso será avaliado com agilidade, mas teria afirmado desconhecer o projeto de lei. Vale ressaltar que o Projeto de Lei Têu Nascimento (PL 292/17) é de autoria da vereadora Aladilce Souza (PCdoB), o texto foi aprovado neste ano, pela Câmara Municipal de Salvador.

VEJA TAMBÉM:  Condomínio de SP quer multar morador por cortina ‘LGBT’ em seu apartamento