Um date bizarro e que terminou da pior maneira possível. Assim pode-se descrever a história que tragicamente colocou fim à vida do jovem Kevin Bacon, de apenas 25 anos.

O cabeleireiro tinha marcado um encontro pelo aplicativo Grindr na cidade onde vive, no Estado norte-americano de Michigan e simplesmente não voltou mais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ao notar seu sumiço, sua família pediu ajuda da polícia para localizá-lo. A investigação descobriu seu paradeiro achando seu carro estacionado próximo à casa do assassino, Mark Latunski.

Ao chegar ao local, segundo noticiou o jornal New York Post, seu corpo estava pendurado pelos tornozelos por uma corda. Em depoimento à polícia e logo antes de ser preso, o assassino confessou ter matado a vítima com facadas nas costas e na garganta e disse ter cortado e comido seus testículos.

Mark Latunski
O assassino de Kevin Bacon.

O nome da vítima era uma homenagem dos pais ao ator Kevin Bacon, de quem eram fãs. O ator se manifestou ao saber da notícia em seu Instagram.

VEJA TAMBÉM:  Como Hornet e Grindr estão ajudando a proteger gays da perseguição no Egito

“Por razões óbvias, estou pensando hoje de manhã nos amigos e na família deste jovem Kevin Bacon. Sua vida foi tirada dele muito cedo”, escreveu ao postar uma foto em homenagem ao rapaz que tinha o seu nome.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).