Um casal de lésbicas falou sobre sua angústia depois que um pastor que mora do outro lado delas na mesma rua colocou uma placa anti-LGBT em seu jardim. Ele tomou a atitude discriminatória depois que ficou sabendo que as duas, que se mudaram para a vizinhança recentemente, não eram colegas de quarto como ele imaginava.

Lynda Slimer, que viva na Louisiana (EUA), explicou em um post no Facebook que ela e a esposa, juntamente com as duas filhas do casal, chegaram em casa um dia e deram de cara com a placa instalada. “Deus proíbe a homossexualidade”, diz logo abaixo da bandeira LGBT com um sinal de “proibido”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Este é um sinal de ódio e erros de tradução bíblica que deve deixar minha família e eu assustadas e desconfortáveis ​​em nossa própria casa”, escreveu Slimer.

Ela disse ao Metrô Weekly que ela e sua família moram ali há um ano e nunca tinham enfrentado uma situação de tamanho preconceito até hoje.

Felizmente para o casal de lésbicas, o pastor parece ser a única pessoa na vizinhança com tanto ódio. Ela contou que os outros vizinhos ficaram chateados ao saber do que ele havia feito e as procuraram pra demonstrar apoio.

VEJA TAMBÉM:  Gays são proibidos de entrar em festa na praia: “Vocês não são um casal!”

A polícia local até bateu na porta do pastor e pediu que ele retirasse a placa, mas ele insiste no ato. Elas agora estudam meios legais para obrigá-lo a remover o símbolo de ódio de seu jardim.

“Jesus está na nossa família e amigos em forma de amor. Jesus está aqui e não daquele outro lado da rua”, concluiu Lynda Smiller à reportagem.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).