Após fazer ataques homofóbicos ao jornalista Matheus Ribeiro, que representou o estado de Goiás na bancada do Jornal Nacional, o radialista e narrador Luiz Gama foi afastado do quadro de profissionais da Rádio BandNews Goiânia. O diretor da emissora, Marcos Villas Boas, fez o anúncio ao vivo na manhã da última segunda-feira (18).

Villas Boas disse que o locutor é de uma empresa terceirizada pela Band, a Feras do Esporte, e não possui vínculos enraizados com a rádio.
No comunicado oficial, a BandNews FM Goiânia afirmou que “combate com convicção quaisquer manifestações de preconceito, intolerância ou discriminação”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Desta forma, mesmo se tratando de iniciativa exterior, individual, dissociada do posicionamento da emissora e dos ideais que ela defende, informamos que não se manterá como parte da equipe qualquer funcionário que tenha comportamento adverso a estes valores”, escreveu.

Na última quarta-feira (13), Gama usou sua conta no Twitter para ofender Matheus Ribeiro, o primeiro jornalista assumidamente gay a estar na bancada do Jornal Nacional (TV Globo).

VEJA TAMBÉM:  Matheus Ribeiro e noivo reagem a homofobia em lanchonete da melhor forma

“Putz! Onde o Brasil vai parar? Queimar a rosca agora é moda”, escreveu ele.

A advogada de Matheus, Maria Thereza de Alencastro, afirmou ao site F5 que medidas serão tomadas, como processo por danos morais, homofobia e racismo. “Matheus, que tem visibilidade, por seus próprios méritos — diga-se de passagem, tem esta obrigação. Não para se proteger, já que a ele estes comentários não prejudicam, mas para proteger todos que não têm voz como ele”, disse.