Você que está lendo este artigo, nunca, jamais, never, vai se aposentar. Elas, empregadas domésticas, também não.

Só para me certificar de que não era paranoia minha, fui fazer uma pesquisa sobre os argumentos para a aprovação da reforma previdenciária usados em 2019 pelo Ministro Guedes. Naquela época, a única salvação do Brasil era aprovar a reforma da previdência para os pobres.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em 04 de março de 2019, há quase um ano, a revista Exame trazia uma matéria dizendo que o dólar baixaria muito em função da aprovação da reforma previdenciária: https://exame.abril.com.br/mercados/com-aprovacao-da-reforma-da-previdencia-dolar-ficara-em-r-340/.

A reforma foi aprovada deixando milhões de brasileiros pobres sem a possibilidade de se aposentarem; deixando milhões de trabalhadores sem a possibilidade de cumprirem metade das novas regras para alcançarem a aposentadoria.

De outro lado, a reforma aprovada não contemplou os funcionários públicos que têm efeitos cascata em seus benefícios; não contemplou as filhas solteiras desses funcionários que até hoje recebem pensões milionárias; não contemplou militares (muito ao contrário, refez o plano de carreira e aumentou as aposentadorias deles); não contemplou os políticos e nem o judiciário.

VEJA TAMBÉM:  Será que algum dia vamos nos aposentar? | Direitos LGBT

Ou seja, TINHA QUE APROVAR A REFORMA PARA O DOLAR BAIXAR.

O dólar comercial bateu R$4,20 esses dias porque o turismo que é mais caro já esteve em R$4,70 e, o Ministro tão competente, pôs a culpa nas empregadas domésticas que iam antigamente para a Disneylândia. Uma farra danada.

Ou seja, os pobres terem acesso a viagens internacionais não pode. Mas, de acordo com Simone de Beauvoir “o opressor não seria tão forte se não tivesse cúmplices entre os próprios oprimidos”. Muitos brasileiros pobres que precisavam do governo, votaram nesse governo esperando que ele os protegesse dos desmandos e corrupção que assolava o Brasil. Esqueceram que desde 1500 o Brasil é governado pela alternância de direitas e, a esquerda teve três mandatos e meio de presidência da república e, foi culpada por todos os males do mundo.

O dólar oscila porque as contas públicas e a balança comercial não estão boas. Estamos exportando pouco.

VEJA TAMBÉM:  As muitas faces da LGBT-fobia | Direitos LGBT

E estamos exportando pouco porque não temos políticas de meio ambiente. Porque nossas contas não estão em ordem e porque a economia não deslancha e o capital estrangeiro vai embora. E porque nossos maiores produtos de exportação que são agrícolas, estão encharcados de agrotóxicos que o resto do mundo já baniu. Em Davos, Paulo Guedes foi questionado sobre a Amazonia e não sobre a economia do Brasil que todos sabem é pujante.

Um bom governo é o que dá acesso a tudo, para todos os seus cidadãos.

São mentiras, fake news e engodos do governo. Hoje, até as empregadas domésticas que conseguiram ir a Orlando estão na berlinda. Isso só prova que o pobre de direita, é uma ficção que tem que acabar. A direita não os quer.