Alunos do Senac Rio Preto – SP, do curso de cerimonialista, organizaram o casamento de Rachel Shineyder Silveira como trabalho de conclusão das atividades. A cerimônia, com luxos e honrarias, aconteceu no pátio da unidade.

A cabeleireira e o marmorista André Stefanini estavam juntos há dez anos, mas ainda sonhavam com o casamento. Os doces e bolo da festa foram produzidos pelos alunos da Senac do curso de confeitaria e detalhes como decoração, flores, figurinos, fotografia e a filmagem, ficaram por conta de parcerias feitas pelos alunos. As informações são do site da instituição.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Para Rachel, seu casamento ajudou a dar “visibilidade para uma transformação da sociedade baseada em educação, inclusão e respeito“. “O sonho de muitas pessoas é se casar, mas, por exclusão da sociedade, não acreditávamos que seria possível. Nossos planos eram apenas assinar uma carta de união em um cartório, com poucos convidados e sem nenhuma festa”, disse Rachel, agradecida aos alunos do Senac.

“Quando recebi o convite dos alunos, quase não acreditei. Muitas pessoas travestis como eu são alvos de preconceitos, rejeição e não podemos admitir que nenhum tipo de diversidade da sociedade seja motivo para tratamentos diferenciados. Estou encantada com o acolhimento dos alunos do Senac”, continua a noiva.

O noivo falou que nunca, nem por um segundo, teve dúvidas do que ele queria para a vida dele quando a conheceu. “Eu a amo, e isso é o que verdadeiramente importa. Não ligo para o que dizem, não ligo para os que possam ter preconceito. Minha família, a família que tenho ao lado dela, é a base de tudo pra mim”, disse emocionado.

André conta que o início da relação não foi fácil. “Minha mãe, é claro, não aceitou. Até certo ponto eu entendo, porque os nossos pais infelizmente idealizam o que pra eles é a pessoa ideal para nós filhos. Mas na vida real é assim, a gente não escolhe por quem vai se apaixonar. Eu não tive dúvidas. Saí de casa e fui viver com a mulher que eu amo.”

A tensão normal de todo inicio de conto de fadas logo foi superada. Com o passar dos anos, dona Dida passou a se entender muito bem com a nora. “Minha mãe faleceu há três anos, mas tenho certeza de que ela estaria muito feliz no dia de hoje. Uma tia minha, de Santo André- SP, me mandou uma mensagem dizendo que sonhou com a minha mãe se arrumando para o meu casamento”.

A atitude dos alunos da Senac é uma resposta de que à sociedade que aos poucos começa a ressignificar os parâmetros de família e a aceitar a diversidade em suas expressões.

Van Amorim
Autora / Escritora / Roteirista / Compositora / Soteropolitana / sob contrato internacional com a Chiado. Uma editora de origem portuguesa, sediada na cidade de Lisboa. Com 27 anos, 2 livros publicados e quase 500 mil leituras online, Van já ficou 2 vezes em 1° lugar nos Estados Unidos e no Brasil com as obras: “O Eclipse Vol. 1” e “O Código da Sabedoria.” Graduanda Letras Vernáculas na Universidade Salvador e Colunista Policial do Salvador Notícias.