VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Alunos do 1º ano do Colégio Presbiteriano Quinze de Novembro, em Garanhus (PE), se revoltaram com uma atividade em aula de ensino religioso considerada homofóbica.

Segundo a proposta do professor Josedson Roberto, alunos deveriam escrever uma redação sobre o que falariam a um amigo que diz que sente atração por outra pessoa do mesmo sexo, usando a bíblia para isso, e ainda chamando ainda homossexualidade de “problema”.

Nem parece que vivemos em um país laico e onde discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero é crime, né? Pra escola achar que deve impor religião e ainda ensinar o preconceito…

Veja abaixo o enunciado da prova com título “Deus Pensou Diferente”:

Muito criticado por alunos inclusive nas redes sociais, o colégio não admitiu o erro em um comunicado tentando se posicionar, onde afirmou que “faltou interpretação aos alunos”.

“O fato abriu as portas para que ex alunos e atuais tomassem coragem e começassem a falar sobre outras práticas LGBTfóbicas da instituição. A escola, em um ato de covardia, retirou os comentários de seus posts no Instagram e agora nem mesmo cita-los na rede social é possível. Sou aluno dessa instituição vergonhosa”, declarou um aluno ao Põe Na Roda.

Aproveite se quiser pra deixar alguma mensagem no Instagram da instituição clicando aqui.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).