Essa é daquelas notícias que a gente fica triste em ter que publicar. Conforme publicado pelo site Observatório G, foi feito um estudo pela Universidade do Arizona e publicado pela revista Pediatrics que os adolescentes transgêneros têm uma tendência maior de tentar suicídio do que as pessoas cis.

Os jovens trans, entre 11 e 19 anos e que se identificam como não-binários – ou seja, não se encaixam nem no gênero masculino e nem no feminino – compõem quase 42% (41,8%) dos entrevistados.

Quase 51% (50,8%) dos homens trans afirmaram terem tentado tirar a própria vida ao menos uma vez, enquanto que as mulheres trans compõem quase 30% (29,9%) dos analisados.

Ao falarmos das pessoas cisgênero, os meninos apresentam um índice de 10% (9,8%) e as meninas 18% (17,6%).

ATENÇÃO! Caso você esteja precisando de ajuda ou de alguém para conversar, o telefone do CVV (Centro de Valorização da Vida) é 188. A ligação é gratuita e funciona 24 horas por dia.

Assista também: