VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Postei nos meus stories do Instagram (@renatomenezello), uma piada sobre Laurinha, personagem antagonista de Maria do Carmo em Rainha da Sucata. Laurinha era vivida pela chiquérrima Gloria Menezes e, Maria do Carmo era a Regina Duarte. A piada era sobre Laurinha dizer que sempre teve razão sobre a sucateira ser ordinária.

Nada de mais, até que uma amiga me deu uma bronca, dizendo que eu tinha pouca fé e pensar positivo neste governo e que tinha que deixar a ministra/secretária Regina Duarte começar a trabalhar para poder criticar.

Não é a primeira vez que recebo críticas deste gênero de que devemos ter fé e pensar positivo.

Me desculpem os esotéricos de plantão e, eu mesmo gosto muito dessa coisa de misticismo mas, Governo é para ser competente e cumprir o que prometeu, principalmente em relação à corrupção.

Se eu pensar positiva ou negativamente o governo tem que funcionar do mesmo jeito. Governar não se trata de alinhar energias cósmicas.

Trata-se de ser politicamente competente e manter a boca fechada.

Essa secretária da cultura, atendeu ao chamado do presidente que, lhe determinou que políticas sobre diversidade e sobre causas LGBT’s devem ser excluídas da secretaria da cultura.

Ora, uma pessoa que aceita o cargo com essa determinação é tão ou mais fascista que o presidente que a indicou. A cultura é diversa, a cultura é multifacetada a cultura é, principalmente para todos.

Quanto mais para nós, LGBT’s para quem esse governo já disse a que veio (nos extinguir a voz), não dá para ficar calado e rezando para que dê tudo certo. Eu quero é mais que o governo exploda, que o tatú de todo mundo pegue fogo e que os bombeiros estejam de férias.