O reality A Fazenda, da TV Record, vem sendo acusado de homofobia na Internet.

Bem, pra começo de conversa, não dá pra dizer que seria surpresa a TV Record boicotar qualquer tipo de conteúdo LGBT. A emissora do pastor Edir Macedo e das novelas bíblicas nunca foi de mostrar qualquer apoio a diversidade, embora curiosamente, grande parte de seus funcionários seja LGBT.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Entretanto, é impressionante como mesmo em um programa que se considere um “show de realidade”, quando seus participantes têm qualquer manifestação neste sentido, “a realidade” é simplesmente ignorada.

Na última sexta-feira, entre algumas brincadeiras descontraídas, aconteceu selinho entre as participantes Stéfani Bays e Mc Mirella. Não foi mostrado pela edição diária do programa que vai ao ar na TV. Também rolou entre os peões Matheus Carrieri, Cartolouco e Juliano. E adivinhe: também não foi exibido.

VEJA TAMBÉM:  "Cria da favela", mãe solteira, negra e lésbica: quem era Marielle Franco
A Fazenda: Beijo entre Stéfani Bays e Mc Mirella é vetado da edição (Foto: Reprodução / PlayPlus)
A Fazenda: Beijo entre Stéfani Bays e Mc Mirella é vetado da edição (Foto: Reprodução / PlayPlus)

Por conta disso, a hashtag #RecordHomofobica acabou indo parar nos assuntos mais comentados da Internet, inundando a emissora da Barra Funda de críticas e acusações de homofobia e preconceito pela maneira diferenciada como trata o afeto hétero do afeto gay em seus programas.

A Fazenda: Beijo entre Matheus Carrieri, Cartolouco e Juliano é vetado da edição (Foto: Reprodução / PlayPlus)
A Fazenda: Beijo entre Matheus Carrieri, Cartolouco e Juliano é vetado da edição (Foto: Reprodução / PlayPlus)

“Em pleno 2020, vemos ainda emissoras vetando beijos homossexuais pelos valores moralistas e fundamentalistas. Até quando a sociedade vai preferir as estatísticas de violência LGBTfóbica a admitir que a relação afetivo-sexual entre pessoas do mesmo gênero existe?”, postou Talíria Perone (@taliriaperone) criticando o veto.

Já Diego Oliveira (@diegscream) escreveu: “O que vocês esperam de uma emissora quando o dono é um Bispo? Por isso que a audiência da Fazenda não consegue chegar a do BBB”.

A Record não se pronunciou sobre o assunto e não confirmou que exista oficialmente um veto para conteúdos do tipo em sua programação. Mas nem precisa, né?

VEJA TAMBÉM:  Confundida com homossexual, professora é agredida e chamada de “veado de merda” no Rio
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).