De acordo com o sistema de saúde da Austrália, 22 homens deram à luz por lá no período entre junho de 2018 e junho de 2019. O levantamento também revela que, ao longo de toda a última década, 228 homens transgêneros tiveram bebês.

Levanto em conta esses dados, Lauren Rosewarne, doutora especialista no assunto e professora da Universidade de Melbourne, afirmou que as pessoas ainda precisam compreender melhor o conceito de masculinidade e também sobre as questões de identidade.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Masculinidade significa coisas diferentes para pessoas distintas em lugares opostos. Neste caso, para pessoas que passaram pela mudança de gênero, isto é algo que pensaram exaustivamente e também entendem de uma forma menos binária do que o restante da população. Estes homens que deram à luz podem não ter passado por cirurgias de troca de sexo, mas eles se identificam como alguém do sexo masculino. A identidade deles é masculina. O gênero é mais como se enxerga e não sobre pedaços que você tem no corpo.”

VEJA TAMBÉM:  Ativistas defendem o direito de Ana Carolina Apocalypse usar tranças: “Ela pode tudo!”

Esse estudo está aliado ao documentário da BBC, “Seahorse”, que contará a história de um homem transgênero durante sua gestação. A estreia será no Festival Internacional de Cinema de Melbourne, em agosto.

Fonte: vírgula.com.br

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.