Se você estava pelo Twitter ontem, é capaz que tenha se deparado com a palavra cachorro-quente por lá, que chegou a ir parar nos Trending Topics.

Mas por que? Se você não entendeu, vem com a gente! Vamos explicar a treta que viralizou envolvendo dois nomes populares na plataforma: o influenciador Guilherme Pinto e Filipe Pazzoto.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Tudo começou quando Guilherme fez um tweet irônico falando contra homens que postam muitas fotos sem camisa na Internet: “Bonito, mas muita foto sem camisa”, escreveu ele sem qualquer pretensão inicial.

Acontece que o post teve centenas de respostas, tanto de quem tirou sarro da colocação, quanto de quem concordou, e claro, de gays que costumam biscoitar sem camisa, como era de se esperar, re-vol-ta-dí-ssi-mos.

Até aí tudo ia bem. Foi quando Filipe Pazzoto deu um RT na postagem de Guilherme e revelou já ter tido um encontro com ele do qual se arrependeu (calma, que o cachorro-quente já chega!): “Quem vê o conteúdo desse aqui na internet, nem imagina que foi responsável por um dos dates mais constrangedores e traumáticos da minha vida a ponto de fazer eu voltar pra casa me odiando no dia seguinte…”, escreveu.

Pra alegria das fofoqueiras, Filipe continuou a história: “Foi extremamente mal educado e ríspido comigo do início ao fim a ponto de malemá olhar pra minha cara enquanto conversávamos e me mandou calar a boca quando fui dar boa noite (literalmente)”.

VEJA TAMBÉM:  Chris Crocker “passa cheque” ao vivo sem querer no Onlyfans e se desculpa depois em vídeo

E foi adiante: “De manhã fez de tudo pra que eu fosse embora dali o mais rápido possível sem nem me dar bom dia e pra finalizar esqueceu até meu nome quando foi me dar tchau, quem te conhece por internet/livros que te compre, Guilherme…”

Por fim, Filipe desabafou sobre o ocorrido: “Pra quem não me conhece a fundo, eu tenho várias questões muito delicadas em relação a afetividade. Tem um motivo pra vocês NUNCA me verem baixando a guarda e/ou sendo romântico em algum momento. E a noite com esse rapaz me ativou todos esses gatilhos negativos do quanto pessoas sexualmente livres são descartadas deliberadamente. PS: Ele me achou em um site de garotos de programa e só me disse depois, isso explica bem a forma com que ele me tratou”.

Guilherme Pinto e Filipe Pazzoto: treta por "cachorro-quente afetivo". (Foto: Reprodução / Instagram)
Guilherme Pinto e Filipe Pazzoto: treta por “cachorro-quente afetuoso”. (Foto: Reprodução / Instagram)

Foi então que Guilherme respondeu também publicamente: “Filipe, lembra que você me contou na cozinha que a sua cidade inteira te odiava? Ainda me perguntei: ‘Por que uma cidade inteira odiaria alguém?’ Talvez a tatuagem que tens no pescoço nos traga uma pista”, disse sem dar maiores detalhes.

VEJA TAMBÉM:  POC viraliza com versão de ‘Parabéns’ de Pabllo Vittar: “Te dou Parabéns, quando solta o Lula”; assista

Aí finalmente o cachorro-quente entrou na história: “Lembra também que você deu a ideia de fazermos cachorro-quente e fomos ao mercado? Ou melhor, dois mercados. Você adorou o molho, o pão… Cozinhei apenas para você, já que eu havia lanchado há pouco. E olha que ifood é mais prático e menos afetuoso.”

Pronto! Foi o que bastou – um “cachorro-quente afetuoso” – para a história viralizar e surgirem piadas, memes e inúmeros comentários sobre a situação. Veja alguns abaixo:

 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).