Que a Copa do Mundo 2018 na Rússia é um riscopara turistas LGBTs do mundo todo em um país sede homofóbico e que não respeita os dirietos humanos escolhido pela Fifa, disso não restam provas.

Basta ler notícias como a do casal gay agredido na semana passada, a coragem dos torcedores ingleses em abrir uma bandeira LGBT que levaram escondidos a um estádio, os desabafos das jornalistas Fernanda Gentil e Sandra Annemberg, ou mesmo a postura do próprio governo homofóbico russo ao recomendar que turistas não dêem pinta nas ruas caso queiram continuar em segurança pelo país.

Mas como já dizia a música do Skank, “Que emocionante é uma partida de futebol!”.

Emocionante ao ponto de, dois torcedores ingleses apaixonados tanto por futebol quanto por eles mesmos, comemorarem um gol dando um beijo gay publicamente em um dos países mais homofóbicos do mundo, onde inclusive qualquer demonstração de afeto entre pessoas do mesmo gênero, pode se enquadrar na lei “anti-propaganda gay” do país e levar pessoas para a prisão. Parabéns pela coragem! E por fazerem isso por todos nós!

Esse momento é nosso!

O registro do momento icônico – divulgado pelo Globo Esporte e o portal A Capa – foi feito pelas lentes do fotógrafo Konstantin Chalabov no último dia 18, quinto dia de jogos da Copa do Mundo da Rússia, quando a Inglaterra marcou 2 a 1 na Tunísia.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).