Queremos o prêmio! O Distrito Futebol Clube, time gay formado totalmente por esportistas homossexuais, vai representar a comunidade em competição com 32 equipes que começa no sábado (16/1). A Liga Giceel oferece prêmios em dinheiro para as primeiras posições.

“Significa uma grande vitória na luta para provarmos que orientação sexual não define que esporte devemos praticar e que gay também joga futebol! Estamos conquistando nosso espaço dentro do futebol no DF e jogando de igual para igual”, disse Rafael Miranda, diretor de esporte do time e também jogador, ao Guia Gay Brasília.

Para Rafael, estar no pódio e poder ganhar o prêmio em dinheiro é objetivo do Distrito, mas só o fato de haver estar em disputa geral e se afirmar como um time gay de um esporte com a visibilidade do futebol já é um prêmio.

Treinos com o time gay e hétero no Distrito Federal

De acordo com a matéria, o caminho não foi fácil. Mesmo na pandemia, e após a flexibilização da quarentena no Distrito Federal, o time tem feito, por semana, dois treinos para competição e um aberto, no qual podem participar héteros e gays interessados em conhecer o coletivo e, no caso desses últimos, quem sabe, passar a vestir a camisa com escudo do time.

A questão do patrocínio seguindo a matéria também foi um desafio. A boa notícia mais recente para o coletivo, que tem cerca de 40 integrantes, foi o apoio da Unaids, agência da ONU ligada à questão do HIV/Aids.

A Liga Giceel será realizada no Real Park, próximo ao Park Shopping, e distribuirá R$ 11 mil em prêmios. De acordo com a Ligay, que reúne times arco-íris de futebol, há cerca de 60 equipes LGBT no Brasil.

ERRATA: A foto que estava em destaque exibia integrantes de outro time da Liga Giceel, que não possui nenhuma ligação com a nota. O time correto é o ‘Distrito Futebol Clube’’, cuja imagem agora ilustra a matéria.

Carioca, antenado e intenso. Redator do Põe na Roda e Produtor Digital da Rádio Rio de Janeiro. Amante das artes, desde as cênicas até a fotografia. Taurino com 21 anos, apreciador raiz da cultura pop e um jornalista em construção.