Em entrevista recente, o ator de filmes adultos Rico Marlon causou polêmica ao afirmar que não é necessariamente gay um homem que se relaciona com outro.

“Na minha opinião, gay é quem sente atração por outro homem e não quem tem experiências sexuais com outros homens. Inclusive, existem zonas erógenas que muitos homens não exploram, por simples preconceito, como o ânus. Não quer dizer que por experimentar um fio terra que aquela pessoa é gay”, disse ele.

Assim como já dito por outras personalidades como Sandy ou Diego Hypolito, ele reconheceu o fato do ponto G masculino, a próstata que fica na região interior do ânus, ser uma zona erógena que não depende de gênero para se poder explorar e sentir prazer.

“A região da próstata é o ponto G masculino e seu estímulo resulta em orgasmos intensos e prolongados. Há estímulos sensitivos que implicam em prazer na margem anal (região externa do ânus), no canal anal (parte interna) e no reto (região acima do canal, onde está a próstata”, afirmou.

E concluiu: “Há mais sensibilidade na região da margem anal e nos dois terços distais do canal anal, enquanto no terço proximal e no reto há mais receptores nervosos de pressão. A próstata fica em média a 10 centímetros da margem anal”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Na mesma entrevista, o galã ainda falou sobre a ideia que as pessoas fazem relacionando o tamanho do prazer ao tamanho do pênis: “Acho que ainda que existe um certo fetiche, do homem poderoso que mexe com a fantasia das mulheres e de muitos homossexuais, associando tamanho com potência, força e virilidade. Mas a verdade é que para chegar ao orgasmo tem mais a ver com ser mente aberta, de estar com a pessoa certa, do que em ser bem dotado”, disse.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).