Definitivamente, a Rússia não é um país que respeita os Direitos Humanos, e agora se sabe que nem os Direitos Animais.

Não bastassem as denúncias de crimes homofóbicos e orientações para que turistas LGBTs evitem demonstrações de afeto ou apoio a causa durante o mundial (onde a Fifa tava com a cabeça ao permitir a realização de um evento que envolve todo PLANETA em um país tão RETRÓGRADO e limitador??), ativistas protestaram denunciando a morte de cães de rua em massa no país.

Acontece que cachorros de rua são muito comuns na Rússia devido a resistência pública em se esterelizar animais domésticos por lá. Claro que isso acarreta em problemas que afetam até a higiene e saúde pública.

O número de cães pelas ruas chega a dois milhões de animais espalhados em diversas cidades do país.

A denúncia do massacre de milhares de cães pelo governo russo – que partiu de um deputado russo em conjunto com ativistas da causa animal – já tem alguns meses, mas é sempre bom ser noticiado, e principalmente, lembrado.

Segundo manifestantes, desde alguns meses antes do Mundial, autoridades seguem ordens de uma operação que vem sendo abafada, mas cujo objetivo é acabar com a vida de milhares de animais que vivem nas ruas.

O chefe do comitê de proteção ambiental da Câmara baixa russa, Vladimir Burmatov, cobrou que os cães de rua sejam colocados em centros de detenção temporária e esterilizados. Em sua opinião, essa medida não seria mais dispendiosa do que matá-los e melhoraria a imagem da Rússia.

Não é novidade que países realizem manobras absurdas para esconder seus podres em eventos mundiais. Em diferentes áreas, isso já aconteceu na China, na África do Sul e até no Brasil, cada qual com seus calos. Mas até quando vai ser assim?

Não seria o mínimo se exigir de qualquer país que queira se candidatar a sediar um evento mundial, cumprir uma lista básica de Direitos Humanos que garantam a realização sem prejuízos aos cidadãos do país (ou no caso da Rússia ainda, animais!), e principalmente, aos turistas de todo mundo que vão pra lá?

E aí, tá feliz Fifa? Por dinheiro e politicagem, dar essa moral a um país que não respeita Direitos Humanos e nem os direitos dos animais?

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).