Saúde LGBTQIA+ Práticas de cuidado transdisciplinar é um livro que acaba de ser lançado pela editora Manole. Nele, médicos escrevem sobre a saúde de uma parcela ainda ignorada por muitos profissionais da área da saúde: a população LGBTQIA+.

Se trata de um manual de mais de 600 páginas com linguagem clara e objetiva, que traz temas importantes, mas pouco abordados na formação de profissionais de saúde: discussões consideradas tabu, práticas sexuais e prazer, processo de transição em pessoas trans, saúde física e mental, aspectos religiosos, legais e éticos, entre uma ampla gama de outros assuntos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Saúde LGBTQIA+ é o primeiro livro brasileiro a tratar de forma abrangente temas pertinentes à saúde e comportamento das pessoas LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, queer, intersexo, assexuais e todas as demais variedades da sexualidade humana), em linguagem direta, sem meias palavras e sem deixar de contemplar aspectos técnico-científicos que regulam a realidade deste público.

O material é indicado para clínicos gerais, residentes, docentes, profissionais e estudantes de graduação da área da saúde que querem se interessam por atualizarem e completarem seus conhecimentos sobre o cenário da assistência à saúde por esta população no Brasil: da infância ao envelhecimento, parentalidade, conjugalidade, cuidados específicos de saúde de cada população, saúde sexual ampliada para necessidades LGBTQIA+, dentre muitos outros tópicos.

VEJA TAMBÉM:  Coronavírus: Indústria do pornô pode ter a resposta para o fim da quarentena, diz cientista; entenda
Livro Saúde LGBTQIA+ Práticas de cuidado transdisciplinar 1ª Edição - Editora Manole - Livros de Saúde e Bem Estar (Foto: Divulgação)
Livro Saúde LGBTQIA+ Práticas de cuidado transdisciplinar 1ª Edição – Editora Manole – Livros de Saúde e Bem Estar (Foto: Divulgação)

Os editores de Saúde LGBTQIA+ convidaram 140 colaboradores para participar, com o cuidado de compor uma proporção equivalente entre autoras e autores, contemplando a diversidade de orientações sexuais, identidades de gênero, raças/etnias, regiões do país e profissões.

Procuraram garantir que pelo menos uma das pessoas envolvidas no capítulo tivesse relação pessoal com a temática por sua identidade sexual e de gênero. Há profissionais das mais variadas áreas da saúde, que ensinam, pesquisam e cuidam de pessoas LGBTQIA+, além de estudantes e pessoas de movimentos sociais.

Além do olhar dos profissionais de saúde, o livro complementa sua visão transdisciplinar trazendo um olhar sob a perspectiva de diferentes crenças religiosas. Os editores questionaram lideranças católicas, budistas, evangélicas, judaicas, islâmicas, espíritas e candomblecistas, convidando seus representantes a responder como a pluralidade de identidades sexuais é vista e recebida em cada uma dessas doutrinas. As respostas são surpreendentes.

Assinam Saúde LGBTQIA+ os seguintes profissionais de saúde:

Saulo Vito Ciasca – médico psiquiatra pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), professor, psicoterapeuta com formação em Psicodrama, Psicoterapia Psicodinâmica Breve e Teatro. Também é coordenador da Área da Saúde da Aliança Nacional LGBTI+ e da Pós-graduação em Psiquiatria pela SANAR, além de professor da disciplina de Saúde LGBTQIA+ na graduação em Medicina pela UNINOVE e de cursos de pós-graduação na área de sexualidade no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP (IPq-HCFMUSP), Hospital Pérola Byington, FMABC, UNISAL e IBCMED. Saulo é pesquisador e colaborador voluntário do Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual (AMTIGOS) do IPq-HCFMUSP, especializado no cuidado de crianças e adolescentes com vivências de variabilidade de gênero, membro da Comissão de Diversidade Sexual e Gênero da OAB, membro voluntário da ONG Mães pela Diversidade e membro da World Professional Association for Transgender Health (WPATH). Co-fundador do Cursinho Pré-Vestibular MedEnsina.

VEJA TAMBÉM:  Espanha terá primeiro asilo público para LGBTs
Saulo Vito Ciasca: psiquiatra e editor de Saúde LGBTQIA+ (Foto: Divulgação)
Saulo Vito Ciasca: psiquiatra e editor de Saúde LGBTQIA+ (Foto: Divulgação)

Andrea Hercowitz – pediatra e hebiatra pela AMB e SBP, membro dos Departamentos de Adolescência e de Pediatria Legal da Sociedade de Pediatria de São Paulo, médica voluntária no Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual (AMTIGOS) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e membro do Conselho da ONG Mães pela Diversidade – SP. Andrea também é hebiatra da Casa Viva Clínica de Tratamento de Transtornos Alimentares e do Centro de Especialidades Pediátricas do HIAE, além de professora convidada da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.

Andrea Hercowitz: pediadra e editora de Saúde LGBTQIA+
Andrea Hercowitz: pediadra e editora de Saúde LGBTQIA+

Ademir Lopes Junior – médico de família e comunidade com graduação e residência pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), além de coordenador da Residência de Medicina de Família e Comunidade da FMUSP e especialista em educação de profissionais da saúde pela Universidade Federal do Ceará/Programa Faimer Brasil. Também co-coordena o Grupo de Trabalho de Gênero, Sexualidade, Diversidade e Direitos da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade e do GT de Populações (In)visibilizadas da Associação Brasileira de Educação Médica. É médico assistente no Centro de Saúde Escola Samuel B. Pessoa – FMUSP e coordenador da Preceptoria Médica para profissionais da Estratégia de Saúde da Família na Associação Saúde da Família e membro da World Professional Association for Transgender Health.

VEJA TAMBÉM:  Ministro da saúde de Bolsonaro diz que não acredita em campanhas de prevenção contra HIV
Ademir Lopes Junior: médico e editor do livro Saúde LGBTQIA+ (Foto: Divulgação)
Ademir Lopes Junior: médico e editor do livro Saúde LGBTQIA+ (Foto: Divulgação)

O livro pode ser encontrado nas livrarias ou site da própria editora Manole.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).