Nos últimos dias, rumores circularam dizendo que homens são mais propensos a disseminarem o Coronavírus, pois o vírus poderia ficar mais tempo na bolsa escrotal e, consequentemente, no sêmen. Porém, nada disso é verdade.

Um estudo da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, ou ASRM, constatou que não há qualquer evidência de que o sêmen de homens contaminados pelo Covid-19 carregam o vírus.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Os testes foram realizados por especialistas de urologia de universidades da China e Estados Unidos. 34 pacientes masculinos, que ainda apresentavam o Coronavírus no organismo, tiveram amostras de sêmen coletados.

Um mês após o início do estudo, os profissionais acompanharam o desenvolvimento e não encontraram evidências do Coronavírus nas amostras coletadas.

Porém, é necessário relembrar que, apesar do sexo em si não transmitir o vírus, a saliva é o principal condutor do Covid-19. Ou seja, beijos, ou até um contato simples, podem sim ser causadores da transmissão.

VEJA TAMBÉM:  Veja a diferença entre como o NYT noticiou "100 mil mortes" por coronavírus em 2020 ao HIV em 1991
Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.