Enquanto há jornalista na CNN espalhando desinformação e dados rasos – culpando o HIV por uma suposta “promiscuidade gay” – fomentando apenas preconceito e estigma, o jornalista da TV Globo, Pedro Figueiredo, foi atrás de dados sobre o assunto e expôs em seu Twitter.

Em um post em seu Twitter, Pedro citou com fontes que segundo informações do mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, de 2007 a 2019, 248.520 pessoas foram infectadas no Brasil pelo vírus a partir de relações sexuais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Destas, 105.014 são LGBTs, ou seja, 42% do total. Logo, a maior parte, ou 58% dos casos, são pessoas heterossexuais que contraíram o vírus.

Em um segundo post, Pedro chegou rotular como “fake news” a fala do comentarista Leandro Narloch, da CNN.

“Portanto, disseminar que o HIV é um “problema dos gays”, além de fake news, é uma covardia intelectual e um desserviço que só contribui pro preconceito. Se preservar independe do sexo e da orientação sexual”, declarou Pedro após expor os números e a fonte.

Vale lembrar que o ideal seria ninguém falar em orientação sexual (hétero, gay ou qualquer outra) pra falar de HIV, ou no máximo falar em práticas de risco, como recomenda a OMS. Mas neste caso, é preciso citar dados da população heterossexual para poder contestar a fala ignorante do comentarista da CNN Brasil, que chegou ao cúmulo de responsabilizar o HIV por uma suposta “promiscuidade gay”.

E por último, mas não menos importante, é importante ressaltar que viver com HIV, tomando seu medicamento, não é qualquer problema. Seja hétero ou LGBT, se tem uma vida plenamente normal.

O problema mesmo é só o preconceito e a desinformação. Né, CNN Brasil? Que vergonha!

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).