O infectologista Rico Vasconcelos comemorou a notícia de que, em apenas 2 anos, os novos casos de HIV na cidade de São Paulo caíram 25%.

Com implementação de PrEP na saúde pública desde o início de 2018, nunca se viu uma queda tão expressiva nos novos casos de HIV, que até 2017 se mantinham ano a ano, ou pior, cresciam.

E vale considerar que o número de usuários de PrEP ainda é pequeno: são apenas 5.183 pessoas inscritas no programa que faz acompanhamento da saúde sexual de seus pacientes, não apenas disponibilizando o medicamento, mas também realizando testes de IST e exames periódicos a cada 3 meses.

De acordo com o boletim municipal divulgado por Rico em seu blog no UOL, durante todo o ano de 2019 foram notificados 2.946 novos casos de infecção por HIV. Comparando aos anos anteriores, se trata de uma queda expressiva de 25% comparando a antes de 2017, quando não havia PrEP ainda no Brasil.

VEJA TAMBÉM:  Como foi ser gay no auge do HIV nos anos 80?

A queda foi ligeiramente maior considerando o recorte masculino, 26%. Considerado um grupo mais vulnerável, homens gays e bissexuais representam 86% dos usuários de PrEP pelo SUS em São Paulo.

Entenda como funciona a PrEP no vídeo abaixo:

Entretanto, ainda há que se equilibrar ainda questões como a igualdade racial e acessibilidade na distribuição. Apenas 38% dos usuários de PrEP são negros. Entre pretos também, conforme o boletim divulgou, o número de novos diagnósticos de HIV foi 3 vezes maior comparado a brancos.

“Não podemos deixar de alertar para o fato de o benefício da PrEP precisa ainda ser estendido para todos, sobretudo para a população com menos acesso à saúde e informação”, lembrou Rico Vasconcelos.

PrEP: medicamento previne infecções por HIV. (Foto: Reprodução)
PrEP: medicamento previne infecções por HIV. (Foto: Reprodução)

Ao final do post, o infectologista aproveitou para parabenizar a cidade de São Paulo pelo pioneirismo na questão, ainda que se tenha que ampliar muito a distribuição do medicamento, que em países do Reino Unido, por exemplo, onde é distribuído em larga escala, fez os novos casos da infecção caíram 71%.

VEJA TAMBÉM:  Cientistas brasileiros criam tratamento que elimina HIV do corpo

“Parabéns, cidade de São Paulo. Continue com seu empenho para que possamos, dentro de mais alguns anos, finalmente controlar a epidemia de HIV/Aids”, finalizou Rico.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).