Antes de começar a notícia, um adendo: o presidente russo, Vladmir Putin, pediu que as pessoas não compartilhem a montagem acima, usada em protestos de LGBTs na Rússia, onde ele aparece como Drag. Sendo assim, mais um aviso:

Não compartilhem a imagem acima ok? Só estamos colocando aqui pra avisar a galera e ajudar o Putin! Agora sim…

Fãs LGBTs de futebol vão ter que se segurar durante a Copa do Mundo na Rússia esse ano, ao menos se quiserem atender o pedido do presidente russo Vladmir Putin.

“É recomendável fortemente que não se faça propaganda de qualquer coisa relacionada a sexualidade”, escreveu a Federação Russa em um post claramente ameaçador a população e turistas LGBTs que possam estar no país durante o Mundial.

E continuou: “Como em qualquer viagem, é recomendável entender a cultura, valores e crenças do destino pra onde você vai. Sendo assim, se você se comportar como faria, por exemplo, no Reino Unido, deve ter mais cuidado por estar em uma sociedade menos tolerante.”

Surreal, né? O post ainda diz ter a intenção apenas de garantir a segurança dos turistas, mesmo que seja claramente homofóbico e contra diversidade sexual como sabe-se que é a sociedade e governo da Rússia.

O novo aviso pegou muitos de surpresa, uma vez que foi dito anteriormente que a Rússia, atendendo um pedido da Fifa, seria mais tolerante em relação a estas manifestações durante o evento.

Na ocasião, o oficial de igualdade da Federação Russa, Alexei Smertin, garantiu que não haveria proibições a bandeiras e cores do arco-íris no país durante a Copa.

Entretanto ele pediu cuidado, em especial para pessoas trans em relação ao uso dos banheiros públicos: “Esta é uma preocupação. Aconselhamos que você pense bem e veja se é seguro. Se não se sentir seguro, vá com um amigo que o acompanhe. Se houver banheiro de deficientes e você estiver sozinho, esta pode ser uma opção menos arriscada.”

Pois é, manas… Um verdadeiro absurdo sim, uma afronta aos direitos humanos, um país retrógrado e tão preconceituoso com uma parcela da população ser escolhido para sediar um evento mundial que deveria acolher a todos sem distinção.

O pior é saber que a próxima Copa será em um país ainda mais homofóbico, como já noticiamos.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).