Em uma rara reviravolta nos acontecimentos no Aquário SEALIFE de Melbourne, os veterinários constataram que um espécie de réptil da Floresta de Boyd transicionou de fêmea para macho (e nesse momento JK. Rowling chorou).

É muito raro que um réptil mude de gênero e a equipe do SEALIFE acredita que essa seja a primeira vez que isso acontece nesta espécie.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Esta espécie de dragão em particular geralmente reside na Floresta de Boyd e este exemplar já havia acasalado com um macho e posto ovos, o que confirmaria que ambos eram fêmeas.

Infelizmente, o dragão macho faleceu e após esse evento a equipe percebeu que o que eles conheciam era o dragão fêmea que começou a retratar características de um dragão macho, incluindo uma crista mais proeminente e coloração amarela, e que ela havia parado de botar ovos.

O aquarista da SEALIFE Melbourne, Tim Flair disse ao Star Observer: “Após essas mudanças, também notamos um aumento significativo de crescimento e peso. Como é extremamente incomum encontrar répteis em transição, decidimos trazer uma máquina de ultrassom para descobrir exatamente o que estava acontecendo aqui.

VEJA TAMBÉM:  Crianças trans e cis tem identidades de gênero igualmente fortes, revela estudo

“Fizemos um exame de ultrassom para determinar quais órgãos reprodutores estavam presentes. Surpreendentemente, descobrimos que não havia mais nenhum tecido ovariano presente e que testículos maduros haviam se desenvolvido. Isso nos confirmou que uma mudança nos órgãos reprodutivos femininos para masculinos realmente ocorreu contra todas as probabilidades”.

As transições de gênero deixaram a equipe do SEALIFE Melbourne um pouco perplexa, pois eles não tinham certeza de como o réptil evoluiu para ter a capacidade de mudar seu gênero, mas eles acreditam que é porque não há mais um homem na tela.

Normalmente encontrado em áreas de floresta tropical no norte de Queensland, este réptil único é geralmente de cor marrom ou cinza com alguns indivíduos apresentando um rubor verde, com escamas de bochecha alargadas, uma crista proeminente e uma barbela amarela sob o queixo.