Você já ouviu falar do i.Con? Pois bem, esse é o nome de um dispositivo que possui a capacidade de detectar ISTs, avaliar o desempenho sexual do parceiro e até garantir quantas calorias foram queimadas durante o ato sexual; ele é o primeiro preservativo inteligente.

Apesar de todas essas vantagens, o anel emborrachado que deve ser colocado na base do pênis e custa em torno da bagatela de US$ 80, não evita gravidez e nem o contagio de ISTs (apesar de informar da presença delas); mas pode ser usado em conjunto com a camisinha.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O fabricante garante que o dispositivo é à prova d’agua e pode ser usado diversas vezes, contando com um ano de garantia (em um ano da pra usar muitas vezes; se você tem uma vida sexual ativa).

O i.Con coleta informações diversas durante o ato sexual tais como velocidade média, duração e temperatura do corpo. Ele também registra a quantidade de calorias gastas, posições diferentes e detecta clamídia e sífilis. As informações coletadas são anônimas, apesar de poderem ser compartilhadas.

VEJA TAMBÉM:  Único hospital especializado em HIV de Londres corre risco de fechar as portas

Com uma porta micro USB para que possa ser recarregado com uma carga de até oito horas (dá pra usar bastante), o dispositivo conta com transmissão de dados via conexão Bluetooth que ficam catalogadas em um aplicativo.

Segundo a empresa, o usuário poderá comparar seu desempenho com amigos e outras pessoas mundo afora também.