No Reino Unido, uma confusão entre vizinhos terminou de forma trágica, conforme noticiou o tablóide Metro. O britânico Colin Otty, de 46 anos, acabou ficando tetraplégico após seu vizinho, Ryan Mutch, invadir sua casa revoltado por conta da altura da música que, segundo sua defesa, interrompeu sua relação sexual com a namorada, Natalie Brabin.

Mutch e a namorada invadiram casa do vizinho por música alta.

Revoltados com a interrupção, o casal nem colocou a roupa. Os dois saíram pelados como estavam e arrombaram a porta do vizinho, que na hora mal ouviu o estrondo com o som que ouvia nas alturas. A título de curiosidade, não foi revelado pela reportagem local e nem pelo juiz, qual música estaria tocando.

Ao entrar no local, Mutch subiu ao segundo andar da casa, surpreendeu Otty e já chegou dando uma chave de braço. Em seguida, fez a Nazaré e jogou seu vizinho escada abaixo. A queda acabou deixando Otty com lesões irreversíveis na espinha, ficando tetraplégico.

Após investigação, a polícia constatou que o casal estava embriagado e sob efeito de drogas, o que os deixou muito mais agressivos que de costume. Levados a julgamento, ambos admitiram o crime com Mutch sentenciado a doze anos e meio de prisão enquanto sua namorada foi condenada a três anos por ter menos envolvimento direto nas agressões. Tetraplégico, agora Otty se locomove apenas por cadeira de rodas e precisa de ajuda constante da família.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).