Quão emocionante pode ser o momento em que Erika Hilton chega ao plenário da Câmara de São Paulo sendo a vereadora eleita com mais votos nas eleições municipais brasileiras de 2020?

Quando que a gente ia imaginar uma travesti negra – representando mulheres, LGBTs, negros em um combo de minorias tantas vezes tão marginalizadas em uma única pessoa – subindo em um espaço de poder há tanto tempo dominado por homens cis heteros e brancos?

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

É claro que tamanha conquista não poderia deixar de fazer muito barulho e Erika Hilton tem se tornado notícia até internacional por conta disso.

Erika Hilton conhece a Câmara Municipal de São Paulo. (Foto: LELA BELTRÃO / El Pais)
Erika Hilton conhece a Câmara Municipal de São Paulo. (Foto: LELA BELTRÃO / El Pais)

Um dos veículos internacionais que a entrevistou foi a TV francesa France Présse. Eles registraram a primeira vez em que Érika Hilton entrou para conhecer o plenário da Câmara.

“O Brasil é um país racista, um país LGBTfóbico e eu reúno tudo isso no meu corpo e minha plataforma política. Jamais imaginaria que este corpo negro, pobre, periférico e travesti, pudesse ser o corpo mais bem votado do país nas eleições municipais de 2020”, disse Érika em um trecho do vídeo.

VEJA TAMBÉM:  Erika Hilton telefona a Secretário de Saúde para tratar de saúde trans e população vulnerável

Lindo, né? Assista abaixo na íntegra postado no Twitter dela:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).