VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em um encontro governamental para discutir mudanças na constituição da Rússia, o presidente do país, Vladimir Putin, afirmou que enquanto ele estiver no poder o país vai continuar proibindo o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“Sobre o ‘pai um’ e o ‘pai dois’, eu já falei publicamente sobre isso e repetirei de novo: enquanto eu for presidente, isso não vai acontecer. Serão papai e mamãe”, declarou Putin.

A homossexualidade não é mais crime na Rússia desde 1993. Apesar disso, o país segue sendo conservador e casais homoafetivos não tem os mesmos direitos que casais heterossexuais. Esse fato se estende para além do direito ao casamento, atingindo às liberdades individuais. Um exemplo é a chamada “lei da propaganda gay”, de 2013, que proíbe qualquer demonstração pública de afeto entre pessoas do mesmo sexo.

Durante suas duas décadas no poder, Putin criou laços profundos com a Igreja Ortodoxa e procurou distanciar a Rússia dos valores liberais ocidentais.