Em um ato histórico, a Bélgica elegeu como vice-primeira-ministra do país, Petra De Sutter. Histórico porque se trata da primeira pessoa transgênero a ocupar um cargo de tamanha grandeza em toda Europa.

Antes de ser nomeada vice-primeira-ministra da Bélgica, como braço direito do primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, Petra De Sutter trabalhou como presidente da Comissão do Mercado Interno e da Proteção do Consumidor no Parlamento Europeu.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Petra De Sutter, nova vice-primeira-ministra da Bélgica é uma mulher trans. (Foto: Afbeelding bron: Photonews)
Petra De Sutter, nova vice-primeira-ministra da Bélgica é uma mulher trans. (Foto: Afbeelding bron: Photonews)

Em 2014, a mulher de 57 anos, tentou se eleger no Parlamento Europeu. Ainda que não tenha conseguido uma cadeira como deputada europeia, ela entrou no mesmo ano no Senado da Bélgica, quando se tornou a primeira política belga trans.

Além da política, Petra De Sutter anos é formada em medicina, sendo ginecologista e especialista em fertilidade na Universidade de Ghent. Na área, ela luta por novas leis que incluam novas demandas e questões relativas a direitos trans.

VEJA TAMBÉM:  Ken Humano transiciona de gênero e se assume Barbie: “Sempre quis!”

Fonte: CNN

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).