As vezes, a masculinidade parece algo tão frágil que caras héteros são capazes das maiores idiotices para “não parecerem gays”, já reparou?

A eterna necessidade de se provar que é homem a todo custo pode levar a situações ridículas, como mostrou uma pesquisa do Reddit que perguntou a mulheres, qual a coisa mais estúpida que viram um homem fazendo na tentativa de “provar que é homem”.

Uma entrevistada contou sobre o dia em que chovia e ela teve que dividir um guarda-chuva entre dois amigos: “Dois colegas de classe e eu estávamos em uma viagem quando começou a chover muito forte. Eu tinha uma capa de chuva e um guarda-chuva. Me vesti com a minha capa e dei a eles o guarda-chuva pra que dividissem. Um deles se recusou a dividir o guarda-chuva entre dois homens porque iria “parecer muito gay”. Preferiu ficar ensopado tomando chuva.

Já outra menina contou uma história que também mostra como o machismo também é prejudicial ao próprio homem: “Um cara cabeludo com quem eu estava saindo se recusou a prender seu dreads com meu elástico cor de rosa. A gente estava se pegando e o cabelo atrapalhava, caindo na nossa cara toda hora. Estávamos só nós dois ali dentro de casa e ele teve medo de “parecer gay” na minha frente por conta da cor do elástico.”

Veja outras situações reveladas pela enquete do Reddit, em que homens foram bem ridículos na tentativa de provar a masculinidade:

  • “Ele foi trocar na loja um moletom que ganhou de presente de Natal porque estava escrito GAP e ele tinha medo que alguém achasse que era Gay And Proud. O mesmo rapaz também vendeu seu Jeep quando um amigo zoando disse que as iniciais G.P. na lataria eram “Gay and Proud”.
  • “Conheci um menino que se recusava a comer hot dogs pelo formato da salsicha.”
  • “Meu irmão não comia nada cuja cor ou textura remetesse a sêmen. Nada de maionese, iogurte, sopa, nada.”
  • “Meu pai, aos 50 anos de idade, ainda se recusa a passar filtro solar. Ele diz que é coisa de mulher e gay!”
  • “Conheci um cara que se recusava a assistir pornô hétero pra não ver o pênis do homem ali. Até mesmo vendo pornô lésbico ele desistia caso tivesse algum consolo em cena. Ele dizia que era gay ficar vendo aquilo!”

Surreal, né? Já uma outra usuária do Reddit contou: “Um cara que conheci na escola vivia xingando os gays e exaltando o quão homem ele era gratuitamente. Cansada de ver isso, uma vez virei pra ele e disse que pessoas seguras de sua sexualidade não agem assim.

(continua abaixo)


Veja também:


Ele virou imediatamente e disse: ‘Sou muito seguro da minha masculinidade! Eu até flerto caras por aí só pra deixar eles desconfortáveis de tão seguro que sou da minha sexualidade como heterossexual! Até se alguém me oferecesse um papel num pornô gay era capaz de eu topar só pra provar que sou totalmente seguro do que sou!’. Pois bem… Alguns anos depois, adivinha quem se assumiu gay? Ele mesmo.”

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).